quarta-feira , 24 de maio de 2017
Home / Blog / Estudo avalia consumo da proteção térmica em tubeira de motor foguete

Estudo avalia consumo da proteção térmica em tubeira de motor foguete

motorUm estudo desenvolvido no Instituto de Aeronáutica e Espaço, organização do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA/IAE) resultou no artigo “Anomalous Behavior of a Solid Rocket Motor Nozzle Insert During Static Firing Teste”, publicado pelo Journal of Aerospace Technology and Management (Vol 8, nº 4). A pesquisa, de autoria de Ronald Izidoro Reis, Wilson Kiyoshi Shimote e Luiz Cláudio Pardini, avaliou o comportamento do consumo da proteção térmica rígida da tubeira durante o ensaio de queima estática do motor foguete.  De acordo com a publicação, a tubeira de um motor a combustível sólido, utilizada no teste, era constituída dos itens:  ponteira metálica, tampa traseira convergente e inserto de grafite.

“O consumo do inserto quando se usa combustível metalizado, pode se dar por erosão mecânica em certas seções e também por erosão química que decorrem de processos endotérmicos, como: fusão, sublimação, vaporização, transformações químicas e decomposição do material”, aponta um dos trechos do artigo.

O trabalho apresenta a análise do consumo do inserto na região da garganta (região interna do inserto) após os testes de queima estática do motor com tempos de queima de 9s, 37s e 55s. “Notou-se em todos os tempos a formação inesperada de uma fina camada de material  depositada no convergente e garganta do inserto após os testes. A camada de material depositada foi analisada por Espectroscopia de Raio X (EDX) e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV)”, acrescenta a publicação.

Os resultados analisados por EDX e MEV mostraram a presença de alumínio e carbono na camada depositada. Finalmente, o material foi analisado por difração de raios-X (DRX) e os resultados indicaram a presença de óxido de alumínio que é proveniente do alumínio presente na formulação.

O artigo, na íntegra, pode ser acessado em:

http://www.jatm.com.br/ojs/index.php/jatm/article/view/663

 

Leandro Rocha (4toques comunicação)

comunicacao@abecbrasil.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

mel

Pesquisadores propõem regulamentar produção mel de abelhas sem ferrão para aprimorar sua comercialização

Entre os doces que fizeram parte da mesa do brasileiro durante as últimas gerações, o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil