terça-feira , 21 de maio de 2019
Home / Blog / Estudo verifica aumento de casos de dengue, febre chikungunya e vírus Zika na Região Sul

Estudo verifica aumento de casos de dengue, febre chikungunya e vírus Zika na Região Sul

Mosquitoes that carry dengue fever penetrate the skin of peopleA dengue, a febre chikungunya e o vírus Zika possuem o mosquito Aedes Aegypti como transmissor comum. E estas doenças se tornaram um problema recorrente de saúde pública em todas as regiões do país. E nos últimos anos, apesar do aumento da conscientização do combate ao mosquito, por meio do cuidado com a água parada, o número de casos ainda vem crescendo.

Assim, os autores Renan Valério Eduvirgem, Maria Eugênia Moreira Costa Ferreira, André Jesus Periçato e Denis Cereja dos Santos, todos da Universidade Estadual de Maringá, produziram o artigo “Dengue, Chikungunya e vírus Zika na Região Sul do Brasil”, publicado na Revista Vértices, v. 20, n. 1, de janeiro-abril de 2018, periódico associado da ABEC.

O trabalho buscou dados de casos de dengue, chikungunya, nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, nos anos de 2015 e 2016, e, do vírus Zika em 2016. Caracterizou também as doenças e os aspectos da Geografia da Saúde (com análise dos serviços de saúde e infraestrutura e identificação dos padrões espaciais das doenças).

O resultado demonstrou a incidência e o aumento dos casos no período analisado. Apontou o Paraná como o maior em números, em comparação aos outros, e a necessidade do aumento de campanhas por parte do governo (principalmente em períodos quentes e chuvosos), bem como a intensificação dos cuidados com a água parada, ainda mais pela população, ao longo de todo o ano.

O artigo completo pode ser lido em https://goo.gl/D66EVj ou pelo DOI https://doi.org/10.19180/1809-2667.v20n12018p67-80.

Tadeu Nunes (4toques comunicação)
comunicacao@abecbrasil.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

56

A indústria 4.0 no Brasil: os exemplos de Alemanha e EUA para o avanço

Atualmente, muito se fala no conceito de indústria 4.0. Este é um termo utilizado para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil