quarta-feira , 4 de agosto de 2021
Home / Blog / A eficiência de extratos vegetais como inseticida e antimicrobiano

A eficiência de extratos vegetais como inseticida e antimicrobiano

Foto: Freepik
Foto: Freepik

As plantas contam com substâncias em suas raízes, caules, folhas e frutos que podem ser utilizados como extratos vegetais. Estes possuem variadas formas de uso e são capazes de reagir com o metabolismo dos indivíduos. Ele pode também se apresentar, por exemplo, como uma alternativa mais sustentável e econômica a produtos químicos.

Assim, os autores Renata de Freitas Barroso, Carolina Alves Pereira, Tatiana Cristina Muniz, Carlos André Gonçalves e Narcisa Silva Soares, todos do Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara, produziram o artigo “Eficiência de extratos vegetais com atividade inseticida e antimicrobiana”, publicado na Revista Agrária Acadêmica, v. 2, n. 6, de novembro/dezembro de 2019.

Trata-se de uma pesquisa sistemática realizada nas bases de dados PubMed, SciELO e Google Acadêmico, com uso de indexadores, em artigos dos meses de agosto a outubro de 2019. O objetivo foi investigar a eficiência inseticida e antimicrobiana de determinados extratos vegetais.

Foi possível observar vários meios diferentes, de baixo custo e fácil acesso, para auxiliar no combate de pragas e insetos nos campos e em grãos armazenados. Os extratos naturais ainda possuem efeitos antimicrobiano, repelente, bactericida e ação antioxidante. Por isso, seu uso evita a utilização de inseticidas sintéticos.

O estudo completo pode ser lido em https://bit.ly/2Xl4oz5 ou pelo DOI: 10.32406/v2n62019/128-136/agrariacad.

Tadeu Nunes (4toques comunicação)
comunicacao@abecbrasil.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

mulheres no futebol

Mulheres e futebol no Brasil: descontinuidades, resistências e resiliências

A modalidade futebolística no contexto brasileiro sempre foi considerada como um esporte voltado ao público ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil