terça-feira , 16 de agosto de 2022
Home / Blog / Educação Física e pedagogia crítica

Educação Física e pedagogia crítica

Todos sabem que a educação é a base para um pensamento crítico com embasamento. Seu papel nas sociedades capitalistas toma uma nova forma, com diferentes influências e linhas teóricas, de acordo com a base cultural na qual o país está inserido. No campo da Educação Física, por exemplo, a discussão gira em torno do impacto da pedagogia crítica, nas práticas corporais, esportivas e de saúde.

Neste contexto, os autores David Kirk, Felipe Quintão de Almeida e Valter Bracht elaboraram o artigo “Pedagogia crítica da Educação Física: desafios e perspectivas contemporâneas”, publicado na Movimento, Revista da Escola de Educação Física da UFRGS, v. 25, de janeiro/dezembro de 2019, periódico associado da ABEC Brasil.

O texto identifica autores e suas preocupações em verificar os sistemas educativos como agentes representativos das desigualdades e injustiças sociais presentes na sociedade, e trazidas ao debate crítico da Educação Física por meio estudos científicos. Além disso, aponta outros trabalhos do Reino Unido, Alemanha, Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos.

O intuito dos autores é estimular a interlocução das diversas realidades da Educação Física e da pedagogia em todo o planeta, divididas pela distância e língua, bem como pelas diferenças culturais, políticas, sociais e econômicas. Mais do que isso, buscam refletir sobre o pensamento crítico nos tempos atuais, difíceis, ambíguos e precários, que influenciam na educação escolar e, consequentemente, neste tema.

O texto completo pode ser acesso em ou pelo DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.97341.

Tadeu Nunes (4toques comunicação)
comunicacao@abecbrasil.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

RECIMA21

Direito brasileiro e estado-unidense: Diferenças e semelhanças nos contratos privados

Além da distância de mais de 6.000 km que separa as capitais de Brasil e ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil