domingo , 24 de outubro de 2021
Home / Blog / Dados de produtividade no âmbito do mapeamento da produção de cana-de-açúcar

Dados de produtividade no âmbito do mapeamento da produção de cana-de-açúcar

O mapeamento das plantações de cana-de-açúcar ainda não tem sua produtividade divulgada em escala tão abrangente quanto à aplicada aos demais tipos de lavouras de plantio de grãos. Devido a sua característica de plantio e processamento em apenas 1 ou 2 fileiras a cada ciclo das colhedoras de cana, o monitoramento de sua produtividade é diferenciado, facilitando seu comportamento em pequena escala. 

O artigo “Dados de produtividade no âmbito do mapeamento de produção de cana-de-açúcar”, produzido pelos autores Leonardo Maldaner e José Paulo Molin fez uso de um método de testagem inicial para limpeza de dados da produção de cana-de-açúcar, investigando se a frequência de registro dos dados influencia a caracterização de variações de produtividade no mapeamento de dados espaciais de alta resolução em uma única linha. 

Os resultados do estudo mostraram que, mesmo após a eliminação de “outliers”, ainda há a ocorrência de grande variação no rendimento entre e dentro das linhas, indicando a presença de variabilidade na produtividade de cana em curtas distâncias. 

Desta forma, o texto explana que, após anos especulando-se a responsabilidade do equipamento utilizado no mapeamento como causador da baixa qualidade dos dados obtidos no mapeamento de cana-de-açúcar, a solução é a coleta dos dados em alta frequência e a realização de uma limpeza prévia , garantindo a retirada de quaisquer dados incertos que gerem imprecisão no mapeamento desta produção agrícola tão única. 

Para conferir o artigo completo, acesse o link:

https://www.scielo.br/j/sa/a/Pgp57C8BZYYSDN5FrPQVSLL/?format=pdf&lang=en

Sobre Leandro Rocha

Veja também

Female tourists on hand have a happy travel map.

O evento da Covid-19 e seus impactos sobre o setor Turismo: em busca de uma análise multi e trans-escalar

Os impactos da pandemia de Covid-19 são extensos e demasiados em praticamente todas as áreas ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil