domingo , 14 de julho de 2024
Home / Todas as Notícias / Acontece / A China está subindo no ranking da ciência

A China está subindo no ranking da ciência

A China, que se esforça muito para investir em ciência, tecnologia e educação, acaba de ser reconhecida pela revista Nature, bastante conceituada e uma das mais importantes do mundo da ciência, como o país em que os pesquisadores mais publicam artigos de alta qualidade em revistas especializadas sobre ciências, sejam estas das áreas exatas, biológicas ou das humanas. De acordo com Glauco Arbix, é a primeira vez que a China supera os Estados Unidos nesse ranking coordenado pela revista Nature. Tal fato, ainda segundo o colunista, acende um alerta para todos os países que tradicionalmente vinham liderando a corrida pela geração de conhecimento novo na área de ciências, especialmente os Estados Unidos, “que já vivem uma guerra comercial, industrial e tecnológica com a própria China, com consequências muito grandes para todo o mundo”.

Pesquisadores extremamente importantes nos Estados Unidos estão muito preocupados com aquilo que eles chamam de declínio da própria ciência americana. “A área de inteligência artificial desponta com peso e os chineses estão avançando rapidamente, ainda que, de modo bastante retumbante, os americanos tenham lançado o ChatGPT e uma sequência de outros grandes modelos de linguagem e abriram caminhos novos para a própria pesquisa em inteligência artificial”, sublinha Arbix. “É mais um alerta, o Brasil tem que ficar extremamente atento a esse movimento, porque nós não estamos bem após quatro, cinco anos recentes, a nossa ciência regrediu em termos de infraestrutura, em termos de investimento e em termos mesmo de capacidade de produzir; nós temos que recuperar esse atraso o mais rapidamente possível, se a gente não quiser ficar muito para trás.”

*Com informações do Jornal da USP

Sobre Leandro Rocha

Veja também

O debate sobre o uso da Inteligência Artificial (IA) continua ativo nos mais diferentes ambientes.

De acordo com informações divulgadas por Bruno Caramelli, professor da Faculdade de Medicina, no Jornal ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil