terça-feira , 16 de julho de 2019
Home / Blog / Os atuais desafios para se manter um periódico científico

Os atuais desafios para se manter um periódico científico

 

Com o avanço da ciência a passos largos nas últimas décadas, é cada vez mais importante a divulgação das descobertas e pesquisas, pois é assim que a opinião pública se informa sobre como é investido o dinheiro de seus impostos. No entanto, manter publicações científicas com qualidade não é tarefa fácil. Por isso, é preciso que os editores dos periódicos que abrem espaço para temas dessa área estejam preparados para enfrentar os desafios de um mercado cada vez mais exigente.eu1

Para Suzana C. S. Lannes, membro da diretoria da ABEC, editora-chefe do periódico Food Science and Technology (CTA-Ciência e Tecnologia de Alimentos) e editora associada do Internacional Journal of Rheology, hoje em dia está cada vez maior o nível de exigência para que um periódico se mantenha.

De acordo com ela, no Brasil, os periódicos indexados na SciELO para serem aceitos e permanecerem na base precisam atender rigorosos critérios de qualidade. “No caso do classificador Qualis da CAPES, as revistas científicas têm procurado sempre se manter em um estrato aceitável para suas finalidades. Esse é também dependente da classificação do periódico junto ao JCR-Journal Citation Report. A concorrência com periódicos internacionais também influencia nesta classificação. Quanto mais indexação em boas bases, melhor”, explica.

Suzana comenta que publishers nacionais e internacionais vêm atuando no sentido de auxiliar aos periódicos em sua colocação e no aumento no seu nível de qualidade. Contudo, isso tem um custo. No caso dos internacionais, o custo para o incremento de uma publicação é bastante alto. “Atualmente, as agências de fomento não têm liberado altos montantes para o patrocínio das publicações. Daí lançar mão da cobrança para publicação de artigos pode ser um recurso bastante interessante, isso se o periódico já estiver em um nível tal que tenha uma contrapartida para o autor”, argumenta.

Segundo ela, é possível listar os seguintes itens que auxiliam na qualidade de um periódico: assuntos de grande interesse científico, trabalhos atuais, artigos com escrita correta (gramatical e linguística), pesquisa na íntegra que permita o fechamento de ideias e conclusões em uma única leitura.

Pensando nisso, a Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC) promoverá, entre os dias 6 e 10 de novembro, em São Pedro, a 9ª edição de seu Workshop de Editoração Científica (WEC).

 

“WEC contribuirá para a formação dos editores científicos”, diz Suzana Lannes

Sobre a realização do IX Workshop de Editoração Científica da ABEC, Suzana salienta que o evento envolve os editores de uma forma geral no ponto de vista de gestão de suas atividades, fornecendo elementos que contribuirão para sua formação. Contudo, segundo ela, não somente editores, mas os profissionais ligados à editoria, como autores e revisores, serão beneficiados pelos conhecimentos transmitidos nas mais amplas atividades do Workshop, como minicursos, palestras, debates, seções para tirar dúvidas, focando em todos os pontos da atividade de um editor, valorizando sua formação.

“O editor-chefe, também conhecido como o editor executivo, gere todas as operações de uma publicação. A política editorial usada por um editor se reflete em todo seu espectro de atuação do dia-a-dia, influenciando seus colaboradores diretamente”, garante.

Na opinião de Suzana, todas as atribuições do editor como: capacidade de liderança; habilidade de trabalhar com diferentes pontos de vista e aprendizados; habilidade em delegar responsabilidades; saber respeitar informações confidenciais; ser cooperativo e de mente aberta; capacidade em resolver problemas; ter entusiasmo por sua atividade; ter excelente comunicação interpessoal; ser um bom comunicador; ter habilidade de criar; ter grandes habilidades em gerenciamento; dentre outras, podem ser resolvidas nesse contexto.

O prazo para inscrições antecipadas e com desconto terminam em 24 de outubro.

Leandro Rocha (4toques comunicação)

leandro@4toques.com.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

16

A importância da prática de exercícios físicos para autistas

O autismo é um transtorno caracterizado pela perda de contato com a realidade. Ele gera ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil