sexta-feira , 29 de maio de 2020
Home / Blog / A simbologia dos animais na visão do povo amazônico

A simbologia dos animais na visão do povo amazônico

Amazon parrot sitting on a human handOs humanos gostam de criar simbologias e significações para as coisas. Desde objetos, cores ou até mesmo animais, nada escapa das superstições. Em determinadas religiões, a vaca é um animal sagrado. Em outras, quem comanda são os ratos. Na Amazônia, as comunidades tradicionais também possuem suas visões e valores simbólicos para a fauna da região. 

Assim, os autores Felipe de Oliveira Jacinto e Flávio Bezerra Barros, ambos da Universidade Federal do Pará, elaboraram o artigo “Sorte, dinheiro, amor…: o que os ‘animais’ da Amazônia podem fazer por nós, ‘humanos’?”, publicado no Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v.14, n.3, de setembro/dezembro de 2019, periódico associado da ABEC. 

Trata-se de um estudo etnográfico, descritivo da cultura, sobre o universo de simbologia da relação entre os seres humanos e os animais na Reserva Extrativista Mapuá, na ilha do Marajó, no Estado do Pará. Ele apresenta os resultados a partir de percepções cosmológicas, observando a estrutura como um todo, dadas aos bichos encontrados na Unidade de Conservação local, colhidos após observações e entrevistas semiestruturadas. 

A conclusão aponta para uma relação íntima e conectada entre as variadas formas de vida, num contexto típico amazônico. Citam a ausência do Estado e como esta se traduz em animais ‘recebendo’ poderes e intenções que suprem as necessidades humanas. Por fim, falam sobre a as particularidades, a adaptação diária aos ciclos naturais e os reflexos na sobrevivência do povo. 

O artigo completo pode ser lido em http://bit.ly/3ahquXk ou pelo DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1981.81222019000300013.

Tadeu Nunes (4toques comunicação)
comunicacao@abecbrasil.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

Foto: Freepik

Brucelose e Tuberculose bovinas e seu controle epidemiológico na América do Sul

Algumas doenças de animais podem acometer humanos e um dos principais mecanismos de transmissão é ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil