segunda-feira , 6 de julho de 2020
Home / Todas as Notícias / Acontece / Adesão ao acesso aberto é chave no acesso a informações científicas sobre Covid-19

Adesão ao acesso aberto é chave no acesso a informações científicas sobre Covid-19

3548878
Clarivate liberou o acesso a mais de 32 mil artigos e preprints sobre coronavírus e a Covid-19. Crédito: Freepik

Em meio à crise que a pandemia do Covid-19 tem causado, a informação científica se torna estratégica para especialistas, profissionais da saúde e tomadores de decisão. Mais do que nunca, o acesso aberto tem sido chave para acelerar a pesquisa e as colaborações em todo o mundo para o combate ao novo coronavírus.

Editoras comerciais abriram o acesso a artigos científicos e preprints, usualmente disponibilizados apenas para assinantes. A gigante holandesa Elsevier, através da plataforma Science Direct, oferece a base Centro de Informações sobre o Novo Coronavírus, desde o final de janeiro, com acesso gratuito a mais de 20 mil artigos com seu selo, além de oferecer orientações para profissionais de saúde e pacientes. Já são quase 1200 artigos publicados em 2020.

Da mesma forma, a Clarivate, detentora do Web of Science, indexador de grande prestígio mundial, liberou o acesso a mais de 32 mil artigos e preprints sobre coronavírus e a Covid-19, e priorizou a fila de publicações sobre o tema, trazendo uma enorme contribuição para a comunidade científica mundial.
O mesmo fez o grupo Taylor & Francis, que disponibilizou o acesso a um arquivo sobre coronavírus com quase 1.500 artigos, 91 deles publicados nos últimos 3 meses.

Parte desta abertura das grandes editoras comerciais se deve a um apelo da Wellcome Trust no final de janeiro deste ano para que periódicos e financiadoras de projetos disponibilizassem dados e informações relacionadas à Covid-19 rapidamente e de forma aberta.

No início deste mês, os cientistas da informação Vincent Larivière, Fei Shu e Cassidy Sugimoto publicaram análise no blog do London School of Economics-LSE (03/05/2020), que apontou a existência de uma maioria de artigos sobre coronavírus em acesso restrito a assinantes na base de dados Web of Science. O artigo dos pesquisadores da Universidade de Montréal e da Universidade de Indiana está disponível em português no Blog do SciELO.

No Brasil, a maior parte das publicações já é feita em acesso aberto, mas, em momento de emergência de saúde pública, como a atual, há boas iniciativas que organizam as informações científicas e fomentam as colaborações de pesquisas sobre coronavírus.

O Instituto Brasileiro de Informação Científica e Tecnológica (Ibict) disponibiliza publicações sobre coronavírus e a nova Covid-19, extraídas a partir da Plataforma dos Currículos Lattes, o que deverá contribuir para a agilidade no acesso a pesquisadores, projetos e produções em andamento. Apenas para se ter uma ideia, já são quase 2.200 artigos científicos, 203 capítulos de livros e 16 livros publicados sobre o tema. Os dados foram levantamentos a partir do Scriptlattes, ferramenta desenvolvida por Jesús Mena-Chalco, da Universidade Federal do ABC, e Roberto Cesar-Jr, da Universidade de São Paulo (USP).

A ABEC Brasil reforça a valorização do acesso aberto e acredita que ações como esta valorizam a produção de conhecimento. Pedimos aos associados que colaborem em ações que facilitem e acelerem o acesso à informação científica, como a divulgação de preprints (artigos ainda sem avaliação por pares concluída) sobre coronavírus e a Covid-19.

Germana Barata é pesquisadora do Laboratótio de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Unicamp e Secretária da diretoria da ABEC Brasil (2020-2022)

Sobre Leandro Rocha

Veja também

logo

Webinar EmeRI: ciência aberta para receber as revistas… de braços abertos

ABEC Brasil convida para o webinar EmeRI: ciência aberta para receber as revistas… de braços abertos, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil