domingo , 24 de outubro de 2021
Home / Todas as Notícias / Acontece / Mais de 100 pessoas acompanharam o primeiro dia de apresentações do ABEC Meeting Live 2021

Mais de 100 pessoas acompanharam o primeiro dia de apresentações do ABEC Meeting Live 2021

No primeiro dia do ABEC Meeting Live 2021, realizado dia 21 de setembro, o presidente da ABEC Brasil, Sigmar de Mello Rode, foi quem deu as boas vindas e recepcionou todos os participantes do evento online, que somavam mais de 100 pessoas. Ele apresentou dados financeiros da ABEC e deu detalhes sobre o Programa ABEC Educação. “Esse era um sonho antigo da ABEC, de fazer um programa EAD, e conseguimos lançar este programa”, disse Sigmar.

Em seguida, foi a vez do professor Piotr Trzesniak falar sobre o prêmio Editor do Futuro e apresentar o vencedor: Gustavo Aires de Arruda. Também foi anunciado o nome de Igor Ballego Campos, ganhador da menção honrosa.

A primeira palestra do dia foi ministrada por Atilio Bustos (Scimago Lab), que falou sobre a produção e impacto da produção científica gerada na América Latina: o papel do Brasil na região. Através de gráficos, Bustos apresentou o grau de dependência científica dos países da América, a evolução do Brasil por tipo de colaboração científica e muitos outros dados importantes sobre o país neste tema.

abertura

 

 

 

 

 

PAINEL 1 –  “Diversity, Equity and Inclusion in science”

Dando sequência à programação, Sigmar apresentou o primeiro painel do dia: “Diversity, Equity and Inclusion in science” e ainda afirmou: “Este painel pretende dar aos participantes a oportunidade de discutir ações sensíveis e como podem ser implementadas, não só na pesquisa mas na publicação científica”.

dia 21

 

 

 

 

 

As apresentações iniciaram com Leila Garcia Posenato (ENAP), tratando sobre a Equidade de sexo e genero na publicação científica: por que precisamos avançar? A convidada falou sobre a Covid-19 e o retrocesso do trabalho das mulheres neste período. “Isso foi comprovado desde o início da pandemia, onde se observava ainda nas pesquisas publicadas em pré-prints que as mulheres não estavam conseguindo divulgar tanto quanto os homens nesse período”. Ainda completou: “As mulheres carregam um peso maior na pandemia da Covid-19. Negras e com filhos, maior ainda”. 

leila 2

 

 

 

 

 

Além disso, Leila destacou que as revistas podem e devem atentar para a diversidade no corpo editorial, coletar dados sobre o tema, analisar os dados para determinar as linhas de base e objetivos para promoção de equidade, criar e compartilhar políticas e procedimentos e outros fatores.

Sowmya Swaminathan (Springer Nature DEI Network) falou sobre o trabalho em prol da diversidade, equidade e inclusão: a perspectiva de um editor. Sobre o assunto, Sowmya disse: “O objetivo é criar um ambiente que seja diversificado, que todos na organização possam contribuir no melhor do seu potencial e nós temos seis grandes áreas importantes, cada uma com iniciativas distintas.” A palestrante também ponderou que o programa Springer Nature foi desenhado com a ideia de integrar diversidade e equidade: “Nós realmente queremos que seja natural, uma coisa que já está no nosso DNA”.

somya 3

 

 

 

 

 

Joan Marsh (The Lancet Psychiatry) falou sobre “A contribuição de um jornal para equidade de gênero e raça”. Joan começou sua fala focando em três categorias: editores, autores e revisores. Sobre os revisores, Joan pontuou durante a palestra: “Valorizamos a diversidade em todas suas dimensões, estamos comprometidos em melhorar a equidade de gênero. Nós procuramos ter pelo menos uma mulher revisora por artigo”, terminou.

dia 21 - painel

 

 

 

 

 

PAINEL 2 – “Divulgação da Ciência” 

O segundo painel do dia, “Divulgação da Ciência”, começou com a apresentação de Sabine Righetti (Agência Bori), que falou sobre o papel da agência Bori na divulgação da ciência produzida no Brasil. “A agência Bori é uma iniciativa para jornalistas. Desenhamos o trabalho da agência pensando em levar a ciência na forma de estudos científicos, na voz dos cientistas para jornalistas”, disse. A agência trabalha com quatro frentes: vitrine da pesquisa nacional, banco de fontes, treinamento, cursos e imersões e materiais de apoio. Sabine explicou cada uma dessas quatro frentes durante sua apresentação.

bori 2

 

 

 

 

 

Fabrício Marques (FAPESP) trouxe o aprendizado da revista Pesquisa FAPESP em divulgação científica. Ele começou dizendo: “A revista FAPESP é dividida em quatro sessões: ciência, tecnologia, política científica e humanidade”. Na apresentação falou da revista como um todo e disse que esta é o resultado da evolução editorial do informativo notícias FAPESP. “É a única revista de publicação jornalística do país, especializada no segmento de ciência e tecnologia, que tem por foco primordial a produção científica nacional”.

fabricio 2

 

 

 

 

 

E, para finalizar, a última apresentação foi feita pela Carla Pavanelli (UEM, Editora da Neotropical Ichthyology), sobre o impacto da divulgação dos artigos da Neotropical Ichtyology em redes sociais. Carla contou que desde 2020 foi criada uma comissão para a divulgação da revista. “A comissão escolhe fotos para os posts, compõe os posts, posta nas redes e interage”, disse. Durante a palestra apresentou métricas e publicações feitas no facebook, twitter e instagram da revista.

carla

 

 

 

 

 

O segundo dia de apresentações do ABEC Meeting terá dois painéis: “Direitos do Autor” e “Ética e integridade em ciência aberta”. Acompanhe as próximas informações sobre este dia no nosso site.

Sobre Leandro Rocha

Veja também

1

América Latina ganha sua Associação Latino Americana de Editores Científicos (ALAEC)

No dia 15 de setembro, foi lançada a Asociación Latinoamericana de Editores Científicos (ALAEC). A ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil