segunda-feira , 6 de dezembro de 2021
Home / Todas as Notícias / Acontece / Último dia encerra com chave de ouro ABEC Meeting Live 2021

Último dia encerra com chave de ouro ABEC Meeting Live 2021

O último dia de apresentações do ABEC Meeting Live 2021 começou com um webinar apresentado pelo Luciano Panepucci (diretor de tecnologia e consultor para indexação da Editora Cubo), com o tema “Conheça a regra de ouro e ganhe um roteiro de trabalho para indexar eu periódico”. Luciano começou o webinar apresentando alguns principais motivos de recusa nos periódicos e depois falou sobre a regra de ouro. Ainda durante sua apresentação abordou as políticas das sessões e apresentou um roteiro detalhado do que fazer para indexar um periódico.

Luciano 2

 

 

 

 

 

Citações – Às 14h, foi a vez de Rachael Lammey (Crossref) apresentar o tema For everyone: the value of citing data. Em sua palestra, Rachael mostrou como os dados devem ser citados nos periódicos e qual a importância de tê-los citados dentro de uma comunidade de pesquisa. “Citação de dados são referências a dados, é aqui que citam os dados que estão por trás de uma pesquisa… Cada vez mais estamos vendo que as pessoas estão compartilhando os dados e os editores estão exigindo isso cada vez mais, fazendo os pesquisadores falarem sobre os dados de tal publicação”, disse.  Durante a palestra, ainda falou sobre a importância dessa citação de dados, como por exemplo: transparência e reprodutibilidade, reuso (pesquisadores podem reutilizar os dados) e crédito (quando um pesquisador cita os dados que foram utilizados automaticamente um crédito).

Rachael

 

 

 

 

 

Painel: Métricas para avaliação da produção científica

Para abrir o painel, Marie McVeigh (Clarivate), apresentou o tema Journal Profiles and Journal Metrics in the JCR. Na apresentação Marie disse que JCR é publicado anualmente desde 1975 e existem revistas que apareceram nas edições todos esses anos. “JCR é debatido, discutido, amado e odiado. Mas, diriam que também não é muito bem compreendido e raramente é muito bem utilizado”, disse. 

Marie

 

 

 

 

 

A segunda apresentação do painel ficou por conta do Paulo Santos (UFPE), para falar sobre o tema: As métricas do Qualis CAPES e seu reflexo sobre as revistas brasileiras. Em sua apresentação, Paulo mostrou os impactos do Qualis para os periódicos científicos e trouxe clareza em volta da situação atual. “Nesse momento, o Ministério Público acabou de argumentar uma ação que eu entendo como uma volta ao passado. O ministério público argumentou que as mudanças do Qualis causam enormes prejuízos aos programas de pós-graduação. É lógico que já tiveram respostas imediatas sobre isso”, disse em sua apresentação.

Paulo 2

 

 

 

 

 

Maria Alejandra Tejada Gómez (Assessora da Vice-diretoria de Pesquisa Pontifica Universidad Javeriana), foi quem finalizou o primeiro painel do dia, realizando uma apresentação sobre o uso responsável das métricas na avaliação científica. Durante sua apresentação, em um momento tratou sobre a pergunta: qual o objetivo de uma política de produção científica? “Nos últimos eventos em que eu participei sobre essa temática, vimos que indicadores estão em transição… Entre os indicadores que têm na pesquisa, quando falamos de fundamentos teóricos, dados abertos, fonte de dados e ciência aberta, podemos encontrar uma pesquisa mais responsável. É uma temática muito atual… As normas éticas na publicação científica reúnem questões éticas em relação a autores, editores, revisores, público, mídia, patrocinadores e financiadores, e ainda tem as dimensões éticas”, contou.

Maria

 

 

 

 

 

Painel: Gestão e desenvolvimento do periódico

Abel Packer (SciELO) abriu a mesa falando sobre o Plano de desenvolvimento editorial dos periódicos. Logo no início, já afirmou: “Partimos da suposição de que todo periódico deve ter seu próprio plano”. Abel também explicou o porquê de um plano de desenvolvimento editorial de periódicos. “Para superar ou sustentar um desempenho crescente”, afirmou. Durante toda a palestra tratou das estratégias para desenvolver um plano editorial, tratando, por exemplo, de assuntos como o desenvolvimento de periódicos, escopo e sustentabilidade, plano de desenvolvimento editorial, entre outros.

Abel 3

 

 

 

 

 

Nadi Helena Presser (UFPE, Editora da Navus) logo em seguida apresentou uma Análise SWOT como recurso de gestão do periódico. Sobre essa técnica, Nadi falou: “A técnica SWOT não é um fim em si mesmo. É uma das tradicionais técnicas para elaborar um diagnóstico estratégico e é usado em um segundo estágio. Primeiro, se define uma missão e depois você vai fazer a análise das fraquezas e fortalezas, das ameaças que estão externas… Depois, pode estabelecer objetivos e estratégias. Ou, também estabelece objetivos antes e só depois aplica essa análise SWOT, para avaliar o ambiente em relação ao objetivo que estabeleceu”, terminou.

Nadi

Nadi também explicou que a análise SWOT é a arte de avaliar o ambiente organizacional no qual o periódico está inserido, tendo em vista a otimização das oportunidades e dos pontos fortes e a neutralização de ameaças e pontos fracos. Sua apresentação ficou centralizada em volta deste tema e também apresentou como um periódico poderia fazer uma análise como esta.

 

A última apresentação do painel e do ABEC Meeting foi feita através de um depoimento gravado por Joep Cornelissen (Rotterdam School of Management, Erasmus University, Editor-chefe da OT), falando sobre The case of the journal organization theory, o periódico “Organization Theory” que lançaram. “Nesse depoimento quero apresentar para vocês reflexões sobre o processo editorial e a minha experiência do processo enquanto passamos por isso”, disse. Portanto, durante todo o vídeo Joep compartilhou suas experiências com este periódico.

depoimento Joep

 

 

 

 

 

Encerramento

Silvia Galleti, da ABEC Brasil, encerrou o evento fazendo um balanço dos três dias de atividades.“Foram cerca de 200 participantes, 56 convidados entre palestrantes, hosts e co-hosts, 16 deles do exterior. Quero deixar meu sincero agradecimento a vocês participantes. Poder estar com vocês, mesmo que virtualmente, é muito bom! Obrigado a todos os envolvidos na programação e organização do evento. Agradeço também a Diretoria da ABEC e espero ter correspondido à altura que essa Associação merece!”, terminou, agradecida.

Logo em seguida, foi a vez do presidente da ABEC Brasil, professor Sigmar de Mello Rode, deixar suas últimas palavras sobre mais essa importante promoção da Associação. “E, chegamos ao fim de mais um ABEC Meeting Live. Aprendemos que o ABEC Meeting Live é muito importante, porque nós conseguimos trazer pessoas do Brasil inteiro e de fora do país para participar dos nossos eventos. Temos a intenção de que o nosso próximo evento seja híbrido, para que possamos continuar atingindo as pessoas do Brasil e de fora dele”, contou Sigmar.

Sigmar também falou sobre os convênios  da ABEC com a Crossref, Clarivate, Editora Cubo e um futuro acordo com a Elsevier. “Nós fazemos esses convênios sem um real de dinheiro destinado para a ABEC. Todos os benefícios são dirigidos totalmente aos beneficiários. Nosso único e principal objetivo é gerar benefícios para o sócio ABEC”, disse.

Para finalizar, Sigmar lembrou do curso ABEC Educação e contou sobre um novo curso que está em formação, o curso de indexação. Para terminar, afirmou: “Agradeço a presença de todos, queremos continuar com a colaboração e participação de todos vocês”.

Sobre Leandro Rocha

Veja também

sigmar - mesa redonda

Presidente da ABEC Brasil participa de Mesa-redonda do ENEDIF 2021

O presidente da Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC Brasil), Sigmar de Mello Rode, participou ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil