segunda-feira , 6 de dezembro de 2021
Home / Blog / Pandemia e isolamento social – importância da interação plantas-pessoas

Pandemia e isolamento social – importância da interação plantas-pessoas

A pandemia de COVID-19 trouxe mudanças drásticas de rotina para a população mundial. O isolamento social, uma das práticas recomendadas por quase todos os países para conter o avanço da doença, pode, entretanto, levar ao surgimento de “efeitos colaterais” preocupantes na população, tais como a depressão, o estresse, a apatia e a solidão.

No artigo “Pandemia e isolamento social – importância da interação plantas-pessoas”, escrito por Simone Reis, Michele dos Reis e Ângela do Nascimento, aborda uma possível solução para esses problemas desencadeados pelo isolamento social. De acordo com as autoras, práticas associadas ao cultivo e contemplação de flores e plantas ornamentais podem ser uma opção no auxílio ao cuidado com a saúde mental da população.

Em seu artigo publicado na revista Ornamental Horticulture, vinculada à Sociedade Brasileira de Floricultura e Plantas Ornamentais – periódico associado à ABEC Brasil – , as pesquisadoras trazem o exemplo da hortiterapia, que comprovadamente auxilia no tratamento de doenças mentais e na recuperação de doentes. Também exemplificam com a biofilia incorporada ao design arquitetônico e a jardinagem, como hobby e terapia ocupacional, técnica que pode ser utilizada para melhoria da saúde física e mental.

A conclusão à qual chegaram as autoras enaltece as atividades que podem ser feitas em ambientes internos, externos ou até mesmo virtuais. De acordo com as pesquisadoras, as flores e plantas são os instrumentos de apoio para que a população se sinta melhor e são  apontados como uma boa forma de lidar com a situação vivida durante o período de reclusão.

Para conferir o artigo completo, acesse o link:

https://doi.org/10.1590/2447-536X.v26i3.2185

Sobre Leandro Rocha

Veja também

IMG_20210203_073949

Extensão universitária, culturas indígenas e a cartografia abissal: resistência e patrimônio cultural

A realidade universitária no Brasil vivenciou, em 2012, a sanção da Lei 12.711/2012, popularmente conhecida ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil