quarta-feira , 5 de outubro de 2022
Home / Todas as Notícias / Acontece / Vencedor do Prêmio Editor do Futuro 2021 da ABEC Brasil visita sede da entidade e fala sobre o reconhecimento

Vencedor do Prêmio Editor do Futuro 2021 da ABEC Brasil visita sede da entidade e fala sobre o reconhecimento

No dia 15 de junho, o vencedor da edição 2021 do Prêmio Jürgen Döbereiner – modalidade Editor do Futuro, promovido pela ABEC Brasil, esteve em visita técnica à sede da entidade, localizada em Botucatu-SP. O jovem Dr. Gustavo Aires de Arruda, de 36 anos, é docente da Escola Superior de Educação Física, da Universidade de Pernambuco. Atualmente, ele atua como revisor científico.

WhatsApp Image 2022-06-17 at 11.19.44Na opinião de Arruda, o prêmio é uma forma de mostrar a importância dos profissionais que atuam na editoração científica. “O revisor científico recebe pouco reconhecimento. Para cada artigo publicado, você tem pelo menos dois revisores, além do editor. E, muitas vezes, na hora da publicação, os nomes dos revisores não são atribuídos. Por isso, a iniciativa da ABEC Brasil é muito interessante”, avalia.

O pesquisador ainda acrescenta que o prêmio lhe deu a oportunidade de participar, gratuitamente, do ABEC Meeting 2021- principal evento promovido pela ABEC Brasil, com programação composta por painéis, conferências e minicursos. Neste ano, a edição 2022 do evento está agendada para acontecer de 4 a 6 de outubro. “Poder participar do evento foi algo muito importante para minha formação”, destaca.

Para Arruda, alguns fatores foram decisivos para que ele tenha sido o vencedor do prêmio Editor do Futuro. “De acordo com um dos membros da banca julgadora, o meu parecer tinha uma quantidade de caracteres, uma descrição do trabalho realizado, acima da média, se comparado com outros pesquisadores ou outras instituições. Isso mostra uma preocupação por parte do parecerista. Quando o parecer é muito curto, talvez ajude o editor a aceitar o artigo, mas pouco ajuda os autores da publicação a melhorarem a produção científica e avançarem na produção de conhecimento”, conta.

Capacitação – Ao falar sobre o papel da ABEC Brasil na qualificação dos profissionais que atuam com a editoração científica no país, Gustavo afirma que para atuar na área é preciso ter muito conhecimento técnico e, portanto, é importante conhecer os processos integralmente. “Os cursos e eventos da ABEC Brasil são iniciativas que aproximam importantes temáticas da editoração científica à área acadêmica”, declara Arruda.

Quem é o editor do futuro – edição 2021?

Doutor pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2016, Arruda, fez toda a sua trajetória acadêmica nessa instituição, até ser empossado na Escola Superior de Educação Física, da Universidade de Pernambuco (UPE). Durante o doutorado, teve como orientador o professor Arli Ramos, do Centro de Educação Física e Esporte (CEFE).

Recentemente concluiu um estágio de pós-doutoramento em Enfermagem na UPE. Atua como colaborador de várias revistas científicas há anos – o que, inclusive, contribuiu para que vencesse o prêmio.

Prêmio Jürgen Döbereiner 2022 – Modalidade Jovem Editor

O Prêmio Jürgen Döbereiner, criado em 2001, com o nome Editor do Futuro, é promovido pela ABEC Brasil e, em sua décima segunda edição, será atribuído na modalidade Jovem Editor, premiando um jovem integrante de equipe editorial científica que tenha contribuído para a valorização de periódicos, por meio de ações inovadoras.

Para participar, os candidatos não poderão ter mais de 40 anos em 31/12/2022 e deverão estar atuando em algum periódico científico. Será permitida a inscrição de apenas um candidato por periódico. As inscrições são gratuitas e, para concorrer, não é necessário ser associado à ABEC Brasil.

Sobre Leandro Rocha

Veja também

WhatsApp Image 2022-09-09 at 15.33.18

Periódicos científicos serão o tema central de mais uma edição do ABEC Meeting

O ABEC Meeting 2022, promovido pela Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC Brasil), contará com ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil