quinta-feira , 20 de junho de 2024
Home / Blog / Estudo revela percepção dos estudantes sobre suas dificuldades de aprendizado

Estudo revela percepção dos estudantes sobre suas dificuldades de aprendizado

Compreender quais são as dificuldades de aprendizagem dos alunos tem sido uma das ferramentas mais utilizadas pelos educadores para aprimorar a qualidade do ensino no Brasil. No entanto, quando o próprio estudante entende onde estão suas limitações, é possível obter resultados ainda melhores.

Nesse contexto, foi elaborado um estudo com o objetivo de verificar a autopercepção das dificuldades de leitura e escrita de estudantes do ensino fundamental de uma região de alto risco social e elevado índice de vulnerabilidade à saúde, bem como a percepção de seus pais sobre essas dificuldades.ensino fundamental

Participaram 65 alunos (ambos os gêneros), do 4º ao 7º ano do ensino fundamental de uma escola municipal e seus responsáveis. Foram utilizados dois questionários, um para os estudantes e outro para seus responsáveis, com perguntas sobre dificuldades na leitura e na escrita. Utilizou-se também o Teste de Desempenho Escolar (TDE) (provas de leitura e escrita).

Essa pesquisa resultou em um artigo, intitulado: Autopercepção das dificuldades de aprendizagem de estudantes do ensino fundamental, que tem como autores Bárbara Bruna Godinho Moreira, Vanessa de Oliveira Martins-Reis e Juliana Nunes Santos. O trabalho foi publicado na revista ACR (Audiology Communication Research), que é uma publicação técnico-científica da Academia Brasileira de Audiologia (ABA).

Dos estudantes avaliados, 2/3 apresentaram autopercepção positiva do seu desempenho em leitura e escrita e seus pais aparentaram perceber as dificuldades de forma mais acentuada do que seus filhos. Observou-se relação entre autopercepção do estudante e desempenho inferior nos testes de leitura e escrita, o que também foi verificado em relação à percepção dos pais.

A conclusão do trabalho foi que menos estudantes apresentaram autopercepção negativa do seu desempenho em leitura e escrita, quando comparado à percepção dos pais. Aquelas crianças com melhor desempenho percebem-se melhor e seus pais também. No entanto, os testes de leitura e escrita revelaram um percentual maior de estudantes com desempenho inferior do que a autopercepção indicou. “Neste sentido, especialmente em regiões de alto risco social, como a deste estudo, os educadores e profissionais envolvidos no processo de ensino-aprendizagem devem estar atentos aos sinais de dificuldades, antes mesmo das queixas familiares e da criança”, cita trecho do artigo.

Confira o artigo na íntegra:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2317-64312016000100326&lng=pt&nrm=iso&tlng=en

Leandro Rocha (4toques comunicação)

comunicacao@abec.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

O que aprendemos com os desastres causados por eventos hidrológicos extremos no Brasil?

Os perigos naturais são definidos como um processo ou fenômeno natural que podem causar perdas ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil