segunda-feira , 20 de novembro de 2017
Home / Blog / Artigo verifica análise quantitativa de dados como proposta de avaliação de empresas

Artigo verifica análise quantitativa de dados como proposta de avaliação de empresas

meeting-2284501_1920Em um cenário no qual os indivíduos têm encontrado cada vez mais dificuldades para a tomada de decisões que mantenham o bom funcionamento das organizações em tempos de crise, exercícios de aprendizagem vivencial, como jogos de empresas, tornam-se ambientes laboratoriais de gestão capazes de estimular acadêmicos e profissionais a lidarem com situação de incerteza e podem acarretar em práticas mais efetivas, que gerem uma melhor compreensão dos fenômenos organizacionais.

Assim, os autores Camila Carvalho Oliveira Santos, da Xian Jiao Tong Liverpool University, na China; Murilo Alvarenga Oliveira, da Universidade Federal Fluminense; e Raphael Acosta, da Université Paris-Dauphine, na França, elaboraram o artigo científico “O uso da Análise Relacional Grey como proposta de avaliação de empresas: um estudo em ambientes laboratoriais de gestão”, publicado pela Revista de Administração, Sociedade e Inovação, v. 3, n. 1, p. 66-84, junho de 2017, periódico associado da Abec.

O estudo analisa o desempenho de equipes participantes de um jogo de empresas de acordo com três formas diferentes de avaliação: Taxa de Retorno (rentabilidade), EVA (valor econômico agregado) e um indicador gerado pela Análise Relacional Grey, técnica matemática adota na teoria dos sistemas, que combinou os dois indicadores, promovendo uma terceira classificação dos grupos para possibilitar uma análise mais eficiente do desempenho. Para isso, foi levado em conta dados quantitativos, tanto de rentabilidade quanto de agregação de valor.

Santos, Oliveira e Acosta concluem que o indicador combinado, feito pela Análise Relacional Grey, que compara diferentes séries com uma série padrão de características pré-estabelecidas, apresentou resultados estatisticamente semelhantes, ou seja, sem afetar a qualidade dos indicadores originais. Isso mostra também que é possível utilizar a Análise Relacional Grey como uma técnica alternativa de avaliação de empresas para as áreas de Economia e Administração.

O artigo completo pode ser acessado em: http://200.159.241.15/ojs2/index.php/rasi/article/view/144, ou pelo DOI: https://doi.org/10.20401/rasi.3.1.144.

Tadeu Nunes 

4toques comunicação (comunicacao@abecbrasil.org.br)

Sobre Leandro Rocha

Veja também

fundo_Artboard 2

História e arte latino-americanas são tema do Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi

Uma aula de história da arte é o que oferece um dossiê sobre “Ilustração arqueológica ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil