sexta-feira , 28 de fevereiro de 2020
Home / Blog / Movimento Escola Sem Partido: “sagrado” x “profano”

Movimento Escola Sem Partido: “sagrado” x “profano”

2518899Escola é lugar para aprender. Independente de viés ideológico, os professores lecionam as matérias, na busca por promover a liberdade de pensamento e o pluralismo de ideias. E o Movimento Escola Sem Partido surge neste contexto, acreditando que o mundo escolar passou a doutrinar estudantes, deixando-os com uma visão crítica direcionada a apenas alguns determinados alvos.

Assim, os autores Tiago Ribeiro Santos e Gicele Maria Cervi, ambos da Universidade Regional de Blumenau, elaboraram o ensaio “D. Quixote contra os moinhos: um ensaio sobre o Movimento Escola Sem Partido”, publicado no periódico Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 27, n. 105, periódico associado da ABEC. 

 O texto utiliza as categorias “sagrado” e “profano” para verificar a concepção do Movimento Escola Sem Partido (MESP), baseada na instauração de uma visão de mundo escolar, com olhar binário e convencional de pensamento. Procura também compreender os deveres de condutas dos professores em sala de aula, expressos no Projeto de Lei criado pelo grupo.

Por fim, os autores discutem a realidade político-educacional proposta pelo MESP, suas formas simbólicas e a expressão subjetiva desatualizada da realidade. Apresenta, ainda, a realidade objetiva da educação, de um ponto de vista dramático das discordâncias envolvendo os valores de “sagrado” e “profano”, colocados como essenciais à condição social do professor.

O texto completo pode ser lido em http://bit.ly/36DVEoH ou pelo DOI http://dx.doi.org/10.1590/s0104-40362019002701549.

Tadeu Nunes (4toques comunicação)
comunicacao@abecbrasil.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

320265-P94XJF-235

Avaliação do tripé de sustentabilidade em empresas industriais

Num mundo onde a sustentabilidade aparece como forte tendência, quem não entra na onda, fica ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil