quinta-feira , 15 de abril de 2021
Home / Blog / Ensino médio: aprendizagem significativa ou cópia de um sistema antigo e inútil?

Ensino médio: aprendizagem significativa ou cópia de um sistema antigo e inútil?

Quando adolescentes, quem nunca se questionou “pra quê eu vou usar isso?” ao se deparar  com algum conteúdo ensinado no colégio, especialmente, quando se tratava de algo que parecia extremamente necessário de ser decorado, mas que jamais foi realmente compreendido.

Pensando nessa questão, o autor Pedro Demo, da Universidade de Brasília, publicou seu artigo “Vieses  manhosos  de  uma  academia  que  acha  não  os ter”, no periódico Educar Mais, filiado à ABEC Brasil.

Segundo o autor, a pandemia da Covid-19 despertou a sensibilidade de muitos em relação a forma como a pedagogia é aplicada, especialmente a denominada “pedagogia do amor”

No artigo, Demo destaca a “hipocrisia institucional” do sistema de ensino, principalmente médio e questiona a ideia desse tipo de pedagogia, associando-a a um contexto eurocêntrico cartesiano que, para ele, soa como uma cortina de fumaça para encobrir uma política educacional incrivelmente perversa. 

De acordo com o autor, nessa fase, a aprendizagem quase não existe, pois não levamos quase nada para a vida da escola. Partindo dessa ideia, Demo ainda traça um paralelo com a série histórica do Ideb que, segundo ele, desde 1995 escancara um sistema inepto e sem perspectiva de mudança.

Por fim, ainda é questionada a forma como a denominada “miséria educacional” acompanha as trocas de governo, independentemente da ideologia, e segue uma postura instrucionista e padrão, que é baseada na aula copiada para ser copiada, conteudista, tal qual aprecia a escola privada;

Para ler o artigo completo, acesse: http://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/educarmais/article/view/2038/1607

Sobre Leandro Rocha

Veja também

mulheres cientistas

Mulheres Cientistas e os desafios durante a pandemia

Recentemente, completamos um ano desde que o primeiro caso de Covid-19 foi registrado no Brasil. ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil