quinta-feira , 17 de junho de 2021
Home / Blog / Reflexões maternas sobre o vínculo mãe-bebê

Reflexões maternas sobre o vínculo mãe-bebê

Se você, mãe, pudesse viajar no tempo e conversar com si mesmo, o que diria? E se tivesse a oportunidade de falar com seu filho no passado ou no futuro, sabe o que faria? Muitas vezes nos pegamos pensando nisso, em como nossas escolhas teriam sido diferentes diante de algumas oportunidades ou, com conhecimentos atuais, como lidariam em diferentes situações da vida.

Posto isso, as autoras Kathleen Adriane Forlin, Amanda Castro, Nerilza Volpato Beltrame Alberton e Fernanda de Souza Fernandes, todas da Universidade do Extremo Sul Catarinense, elaboraram o artigo “Marcas da maternidade: do ventre para a vida toda”, publicado na Revista Brasileira de Psicodrama, v. 27, n. 2, de 2019, periódico associado da ABEC Brasil.

O trabalho busca entender a relevância do vínculo entre mãe e bebê para o desenvolvimento infantil, de acordo com o olhar de mamães e gestantes. Para isso, utilizaram o Psicodrama Interno, no qual elas estabelecem diálogos com a progenitora no passado, com o filho atual e no futuro. Além disso, usaram um questionário semiestruturado.

Foi possível perceber que as participantes compreendem o papel de mãe como o de cuidar, proteger, apoiar, educar e amar. Para tal, precisam ser exemplos dessas atitudes. E mais, a pesquisa apontou a ideia de que o ocorrido durante a gestação também afeta a formação do feto, bem como o desenvolvimento da personalidade após o seu nascimento. 

O conteúdo completo pode ser lido em https://bit.ly/3eeZOXJ ou pelo DOI: https://doi.org/10.15329/2318-0498.20190021.

Tadeu Nunes (4toques comunicação)
comunicacao@abecbrasil.org.br

Sobre Leandro Rocha

Veja também

judô

Judô como forma de inclusão social entre crianças

Tendo como princípio básico o respeito mútuo, o judô é conhecido como a modalidade esportiva ...

//analytics natashaprimati@gmail //analytics natasha@abecbrasil